Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

(afp_tickers)

O presidente Donald Trump afirmou nesta terça-feira que um estudante americano que ficou preso na Coreia do Norte foi "torturado além do concebível".

Otto Warmbier, de 22 anos, morreu em junho, poucos dias depois de retornar aos Estados Unidos em estado de coma. Ele passou mais de um ano em uma prisão norte-coreana.

O americano havia sido condenado a 15 anos de trabalhos forçados por supostamente ter roubado um cartaz durante uma visita a Pyongyang como turista.

Nenhum outro funcionário do governo americano havia acusado a Coreia do Norte de tortura neste caso.

O comentário de Trump nesta terça-feira no Twitter foi publicado após a exibição de uma entrevista com os pais de Warmbier no canal Fox News.

"Otto foi torturado além do concebível pela Coreia do Norte", tuitou Trump.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP