Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Donald Trump culpa os democratas por prejudicar a segurança doméstica

(afp_tickers)

O presidente Donald Trump afirmou nesta sexta-feira que o mundo deve fazer de tudo que for necessário para deter o "terrorismo islâmico radical" depois dos dois ataques ocorridos na véspera na Espanha, que deixaram 14 mortos.

"O terrorismo islâmico radical deve ser detido por todos os meios necessários! Os tribunais deve garantir nossos direito de proteção. Temos que ser durões!", afirmou Trump em uma nova série de mensagens no Twitter.

O líder magnata republicano culpou os "obstrucionistas democratas" por complicar a segurança nos Estados Unidos.

"Eles usam os tribunais e associados para adiar o tempo todo. Isso tem que parar!", afirmou, em possível referência à interferência de vários tribunais federais que impede a aplicação pena de sua controvertida lei para impedir a entrada de pessoas de oriundas seis países muçulmanos em território americano.

Na véspera, dia dos ataques na Espanha, Trump, condenou a ação dos terroristas.

"Os Estados Unidos condenam o ataque terrorista de Barcelona, na Espanha, e farão tudo o que for necessário para ajudar", reagiu Trump no Twitter. "Sejam corajosos e fortes, nós os amamos!", acrescentou.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP