Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente Donald Trump, em Washington DC, em 25 de julho de 2017

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, denunciou nesta sexta-feira o tiro de um míssil balístico intercontinental realizado pela Coreia do Norte, uma ação "temerária e perigosa" que isolará ainda mais os norte-coreanos.

"Os Estados Unidos condenam este tiro e rejeitam o argumento do regime de que estes testes e estas armas garantirão a segurança da Coreia do Norte. Na realidade, têm o efeito oposto", assinalou o presidente em um comunicado.

"Ameaçando o mundo, estas armas e estes testes isolarão ainda mais a Coreia do Norte, debilitarão sua economia e prejudicarão seu povo".

AFP