Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Foto tirada em 24 de outubro de 1962 mostra o presidente John F. Kennedy, em Washington DC

(afp_tickers)

Os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos liberarão nesta quinta-feira 2.800 documentos sobre o assassinato do presidente John F. Kennedy, mas adiará a publicação de alguns arquivos "sensíveis" em convergência com o presidente Donald Trump, informaram os funcionários.

Trump concordou em adiar a publicação de alguns documentos vinculados ao assassinato em 22 de novembro de 1963 a pedido da CIA, do FBI e outras agências, disseram as fontes.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP