Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente americano, Donald Trump, e o presidente francês, Emmanuel Macron, durante coletiva em Paris, em 13 de julho de 2017

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que "algo pode acontecer" em relação ao Acordo de Paris sobre o Clima, seis semanas após sair deste tratado contra o aquecimento global.

"Algo poderia acontecer a respeito do Acordo de Paris", disse o presidente em coletiva conjunta em Paris ao lado de seu contraparte francês, Emmanuel Macron, que anteriormente declarou que não havia perdido a esperança de convencer Trump a mudar de postura.

"Mas falaremos sobre isso mais adiante", disse. "Se acontecer, será maravilhoso, e se não acontecer, será bom também", afirmou Trump, que expressou o seu desejo de renegociar este acordo adotado em 2015.

O anúncio em 1º de junho da saída do acordo dos Estados Unidos, o segundo maior emissor mundial de gases de efeito estufa, atrás apenas da China, recebeu críticas generalizadas.

"Respeito a decisão do presidente Trump", disse Macron.

"De minha parte, sigo apegado a este Acordo de Paris e a minha vontade é dar continuidade a ele", assinalou do Palácio do Eliseu.

O presidente francês já havia dito nesta quinta-feira que tinha um "forte desacordo" sobre o clima com Trump, embora tenha se mostrado esperançoso em fazê-lo mudar de opinião.

AFP