AFP

James Comey (e) e Donald Trump

(afp_tickers)

O presidente americano, Donald Trump, considerou nesta sexta-feira no Twitter que o testemunho do ex-diretor do FBI James Comey constituiu "uma confirmação total e completa" de sua versão dos fatos.

Em seu testemunho perante a Comissão de Investigação do Senado no dia anterior, Comey acusou o presidente de mentiras e difamação, mas confirmou que o republicano não estava pessoalmente sob investigação no caso da suposta interferência russa nas eleições americanas do ano passado.

"Apesar de tantos falsos testemunhos e mentiras, confirmação total e completa... e WOW, Comey é um delator!", tuitou Trump em sua primeira reação à audiência de quinta-feira.

AFP

 AFP