Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas na fila Costco esperam mantimentos e água

(afp_tickers)

O presidente Donald Trump declarou estado de emergência na Flórida, Porto Rico e nas Ilhas Virgens dos EUA na terça-feira antes da passagem potencialmente devastadora do furacão Irma.

O movimento permite que os fundos de assistência federal sejam liberados para que as autoridades possam lidar melhor com emergências em suas áreas.

A tempestade, com ventos de 300 km/h, é considerada potencialmente catastrófica para Porto Rico - uma comunidade de 3,5 milhões de cidadãos dos EUA - as pequenas Ilhas Virgens dos EUA, com 100 mil, e a Flórida, 21 milhões de habitantes.

A declaração de Trump "autoriza o Departamento de Segurança Interna e a Agência Federal de Gerenciamento de Emergência (FEMA) a coordenar todos os esforços de ajuda em caso de desastre", diz uma declaração da Casa Branca.

"Esta ação ajudará a aliviar as dificuldades e o sofrimento que a emergência pode infligir à população local e fornecer uma assistência adequada para as medidas de emergência necessárias".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP