AFP

O presidente americano, Donald Trump, em Sigonella, em 27 de maio de 2017

(afp_tickers)

O presidente americano Donald Trump, de volta de sua primeira viagem ao exterior e após novas revelações sobre o escândalo das ligações de sua equipe com a Rússia, criticou mais uma vez as "mentiras" dos meios de comunicação em dois tuítes neste domingo.

O presidente voltou no sábado à noite de uma viagem de nove dias pelo Oriente Médio e pela Europa, num momento em que a imprensa americana faz novas revelações sobre os contatos de seu genro Jared Kushner com a Rússia em dezembro passado.

De acordo com estas revelações, Jared Kushner quis estabelecer um canal secreto de comunicação com o Kremlin, a fim de contornar as linhas tradicionais de comunicação entre os dois países.

"Minha opinião é que muitos vazamentos são mentiras fabricadas pela mídia, 'fake news'", tuitou Trump na manhã deste domingo.

Toda vez que os meios de comunicação mencionam fontes anônimas, "é muito possível que não existam fontes, que são inventadas por jornalistas, 'fake news'", acrescentou.

As revelações sobre Jared Kushner, um dos conselheiros mais próximos de Trump na Casa Branca, são as mais recentes de uma longa série de vazamentos sobre os contatos entre pessoas próximas ao presidente dos Estados Unidos e a Rússia durante a campanha eleitoral e nas semanas após sua vitória no dia 8 de novembro.

Mais cedo no domingo, em outro tuíte, Trump elogiou o que ele descreveu como um "grande sucesso" a sua passagem pela Europa.

"Acabei de voltar da Europa. A viagem foi um grande sucesso para os Estados Unidos. Muito trabalho, mas grandes resultados", escreveu.

AFP

 AFP