Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas removem lama após passagem do furacão Maria em Toa Baja, Porto Rico, em 5 de outubro de 2017

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu nesta quinta-feira nota '10' à resposta de seu governo em Porto Rico, território americano no Caribe, após a passagem do furacão Maria há um mês, apesar de 80% da população permanecer sem energia elétrica.

Trump defendeu a gestão do governo federal ante o enorme esforço de reconstrução ao se reunir com o governador de Porto Rico, Ricardo Roselló, no Salão Oval.

"Oferecemos tanta ajuda, e tão rápido. Na verdade já estávamos lá antes da chegada da tempestade", disse Trump a jornalistas.

Perguntado sobre como qualificaria a resposta de seu governo em uma escala de 10, Trump respondeu: "Nos dou um 10. Fizemos um grande trabalho".

Roselló, do seu lado, disse que Trump tinha atendido todas as suas solicitações, mas insistiu em que é necessário fazer muito mais para evitar um desastre humanitário.

Trump tinha advertido que a ajuda federal a Porto Rico não seria eterna, mas na quinta-feira indicou que seria possível encontrar uma mistura de subvenções e empréstimos para reconstruir a ilha, especialmente a rede elétrica, que, lembrou, já estava em mau estado antes da passagem de Maria.

O presidente também pareceu suavizar alguns de seus comentários feitos anteriormente, nos que tinha sugerido que os porto-riquenhos eram responsáveis por sua difícil situação.

"Não é culpa das pessoas perderam suas casas, foram devastados", disse.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP