Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente americano, Donald Trump

(afp_tickers)

O presidente americano, Donald Trump, deve voltar a indicar a presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), Janet Yellen, que tem sido uma guia segura para a economia dos Estados Unidos, disse o vice-presidente de saída Stanley Fischer, nesta sexta-feira (13).

Trump precisa indicar um nome para substituir Yellen, cujo mandato de quatro anos à frente do Fed expira em fevereiro, e a Casa Branca disse nesta quinta-feira que o presidente vai continuar entrevistando candidatos.

"Ele deveria indicar Janet Yellen", afirmou à CNBC Fischer, que está em seu último dia no cargo nesta sexta-feira.

"Acho que muitas das qualidades que Janet tem - que são que a Janet é bem confiável e muito boa em explicar o que está fazendo e persuadir as pessoas para isso - são criticamente importantes".

Yellen foi indicada pelo ex-presidente Barack Obama e muito criticada por Trump durante as eleições presidenciais, mas desde então ele já disse gostar dela.

A presidente do Fed não falou sobre suas intenções, mas as opinões de Fischer, um aliado próximo no conselho do Fed, indicam que ela pode almejar manter o cargo.

Trump disse que está considerando reindicar Yellen.

Mas ele também avalia outros candidatos, como o conselheiro econômico sênior da Casa Branca Gary Cohn. O ex-governador do Fed Kevin Warsh e o atual governador Jerome Powel também foram entrevistados para a vaga.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP