Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente americano Donald Trump participa de reunião no dia 11 de agosto de 2017, em Nova Jersey

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, advertiu nesta sexta-feira o líder norte-coreano, Kim Jong-Un, que se atacar a ilha americana de Guam, no Pacífico, ou qualquer outro território ou aliado do país vai se arrepender.

"Se fizer algo com relação a Guam ou qualquer outro lugar que seja um território americano ou um aliado americano, vai se arrepender de verdade, e vai se arrepender rápido", disse o presidente em seu clube de golfe em Bedminster (Nova Jersey), onde passa férias.

Trump contribui, assim, com a beligerante retórica dos últimos dias com o regime norte-coreano por sua corrida armamentista, depois de postar mais cedo no Twitter que "as soluções militares estão prontas para ser usadas caso a Coreia do Norte atue de forma imprudente".

Consultado sobre este tuíte, Trump assegurou que os Estados Unidos avalia "muito cuidadosamente" essa opção e se disse confiante em que Kim compreenda a "gravidade" de suas afirmações.

"Espero que entenda completamente a gravidade do que disse, e o que eu disse é o que eu quero dizer", assegurou.

AFP