Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Foto tirada em 12 de agosto de 2017 mostra o presidente americano, Donald Trump

(afp_tickers)

O presidente Donald Trump elevou nesta sexta-feira a ciberdefesa à condição de combate unificado, como os comandos regionais e as forças especiais, ao enfatizar a importância que dá a uma área crucial para a segurança nacional.

Este novo comando "fortalecerá nossas operações no ciberespaço e criará mais oportunidades de melhorar a defesa de nossa nação", afirmou em um comunicado.

Resta, no entanto, um ponto delicado, o da separação deste novo comando da Agência de Segurança Nacional - encarregado da inteligência eletrônica - que tem papel-chave nesse novo campo de batalha.

O secretário de Defesa, Jim Mattis, tem a missão de estudar o tema e apresentar propostas, afirma o comunicado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP