Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente americano, Donald Trump (E), e a chanceler alemã, Angela Merkel, durante painel de discussão, em Hamburgo, em 8 de julho de 2017

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, telefonou nesta quinta-feira para a chanceler alemã, Angela Merkel, para cumprimentá-la pela vitória nas eleições legislativas, quatro dias após a votação.

Trump tem mantido uma difícil relação com Merkel, à frente do governo alemão por 12 anos e que manifesta abertamente suas divergências com as políticas do presidente americano.

O presidente cumprimentou Merkel e lhe desejou "boa sorte na formação de seu governo", informou a Casa Branca.

Trump também destacou os "profundos laços" entre Washington e Berlim e "o compromisso dos Estados Unidos com a forte e antiga aliança com o governo e o povo alemão".

O acordo nuclear com o Irã, firmado em 2015 entre Teerã e seis potências (entre elas Estados Unidos e Alemanha), foi um dos temas discutidos durante o telefonema.

Os dois líderes também conversaram sobre a importância de livrar a Coreia do Norte das armas nucleares de forma pacífica.

Há uma semana, Merkel expressou seu "total desacordo" com Trump sobre esta questão.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP