Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente Donald Trump enfrenta uma tumultuada semana, em meio à nova onda de revelações no caso russo

(afp_tickers)

O presidente Donald Trump anunciou neste sábado (15) a nomeação de um ex-procurador federal como conselheiro jurídico especial da Casa Branca, o qual se encarregará - segundo a imprensa americana - de administrar o espinhoso caso da suposta ingerência russa na campanha eleitoral americana.

Em breve comunicado, a Casa Branca diz que Ty Cobb - sócio da Hogan Lovells, em Washington - prestará serviços como "membro importante do pessoal da Casa Branca" em seu papel de advogado especial.

Cobb cuidará das respostas da Casa Branca à imprensa sobre a investigação que busca determinar se Moscou interferiu na eleição presidencial de 2016 e se houve um complô entre a Rússia e o comitê de campanha de Trump, de acordo com a imprensa.

Cobb vai coordenar suas ações com Marc Kasowitz, o advogado que representa o presidente no caso da investigação russa, segundo a rede ABC News.

AFP