Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Donald Trump em coletiva conjunta com o o emir Sheikh Sabah al-Ahmad Al-Sabah

(afp_tickers)

O presidente Donald Trump afirmou nesta quinta-feira que uma ação militar contra a Coreia do Norte depois de seu recente teste nuclear não é algo que se pode evitar, embora tenha ressaltado que prefere outras opções.

"Uma ação militar seria certamente uma opção. É inevitável? Nada é inevitável", afirmou Trump em coletiva de imprensa na Casa Branca junto ao emir do Kuwait, o xeque Sabah al-Ahmad Al-Sabah.

Na coletiva, Trump também afirmou que existe uma chance para a paz no conflito entre Israel e os palestinos.

"Acho que existe uma chance de que a paz possa ser alcançada. Vamos fazer o máximo", afirmou. "Acho que as relações que temos com as duas partse podem ajudar".

Por fim, o magnata se ofereceu para servir como mediador da crise que o Catar enfrenta com seus vizinhos árabes e disse que a disputa pode ser resolvida muito facilmente.

"Estou disposto a ser o mediador", enfatizou Trump.

Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Egito cortaram em junho passado seus laços diplomáticos com o Catar, a quem acusam de incentivar o terrorismo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP