Navigation

Trump prevê pico de mortes por coronavírus nos EUA em duas semanas

Trump faz pronunciamento no jardim da Casa Branca afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 29. março 2020 - 22:18
(AFP)

O presidente Donald Trump disse neste domingo que o pico da taxa de mortalidade nos Estados Unidos causada pela pandemia do novo coronavírus deve ocorrer em duas semanas.

Trump também anunciou a prorrogação da recomendação do governo de distanciamento social, até 30 de abril. "Durante a Páscoa, deveremos chegar ao número máximo. Portanto, ampliaremos nossas orientações até 30 de abril, para frear a propagação", assinalou.

O novo coronavírus já infectou quase 140 mil pessoas nos Estados Unidos, com mais de 2,4 mil mortes.

"A partir desse momento, o total de casos deve começar a diminuir, e é de se esperar que seja muito substancial. Nada seria pior do que cantar vitória antes do tempo. É muito importante que todos sigam estritamente as orientações", pediu o presidente americano.

Trump também disse que espera que o país "esteja no caminho da recuperação" em 1º de junho, e antecipou que, na próxima terça-feira, fará um "anúncio importante" sobre a estratégia do governo no combate à Covid-19.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.