Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cumprimenta o líder chinês, Xi Jinping

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou nesta sexta-feira o líder chinês, Xi Jinping, como "um representante poderoso e muito respeitado por seu povo", no final de sua visita a Pequim.

"Minhas reuniões com o presidente Xi Jinping foram muito produtivas em relação ao comércio e ao tema da Coreia do Norte", disse Trump no Twitter antes de partir para o Vietnã, quarta etapa de seu giro pela Ásia.

O presidente chinês "é um representante poderoso e muito respeitado por seu povo", declarou Trump, que em várias ocasiões cumprimentou Xi, que obteve recentemente um novo mandato de cinco anos como líder do Partido Comunista da China (PCCh).

Durante a visita, os dois países firmaram numerosos acordos comerciais, totalizando mais de 250 bilhões de dólares.

Trump - que durante sua campanha presidencial converteu os superávits comerciais chineses em seu grande bode expiatório - declarou que "não reprova nada" de Pequim.

"Não reprovo nada da China. Depois de tudo, quem pode reprovar um país que se aproveita de outro pelo bem de seus cidadãos"?!

A avalanche de acordos foi qualificada de "verdadeiro milagre" pelo ministro chinês do Comércio, Zhong Shan.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP