Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Trump (dir.) e o presidente chinês, Xi Jinping, em jantar em Mar-a-Lago, em West Palm Beach, na Flórida, em 6 de abril de 2017

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, agradeceu à China, nesta terça-feira (20), por suas tentativas de resolver as tensões com a Coreia do Norte, mas declarou que os "esforços" de Pequim fracassaram.

"Embora aprecie muito os esforços do presidente Xi & China por ajudar com a Coreia do Norte, não deram resultado. Pelo menos sei que a China tentou!", tuitou Trump, como de hábito.

O tuíte foi divulgado um dia depois da morte de Otto Warmbier - um estudante americano deportado em estado de coma, após mais de um ano preso na Coreia do Norte - e às vésperas do primeiro diálogo estratégico EUA-China sobre segurança.

Desde que assumiu o cargo, Trump buscou levar o governo chinês a pressionar Pyongyang para encerrar seus programas nuclear e balístico.

AFP