Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu

(afp_tickers)

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quinta-feira que o presidente americano Donald Trump se uniu para sempre à história de Jerusalém, ao reconhecer a Cidade Santa como a capital de Israel.

"O presidente Trump se uniu para sempre à história de nossa capital. Seu nome aparecerá com orgulho ao lado de outros nomes na história gloriosa de nossa cidade", afirmou Netanyahu.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP