Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente Donald Trump anunciou que declarará oficialmente a crise dos opioides uma "emergência nacional" 

(afp_tickers)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira que reunirá seus conselheiros para declarar oficialmente a crise dos opioides uma "emergência nacional".

"Vamos ter uma grande reunião sobre os opioides amanhã", disse Trump a jornalistas na Casa Branca.

"Teremos uma importante reunião em algum momento em breve sobre os opioides para declarar uma emergência nacional, o que nos dará o poder para fazer coisas que agora não podemos fazer".

Uma comissão designada por Trump para investigar a situação realizou uma "recomendação urgente" para que o presidente declarasse emergência nacional sob a Lei do Serviço de Saúde Pública, também conhecida como Lei Strafford.

"Esta declaração dará poder ao gabinete para adotar medidas audazes e forçará o Congresso a se dedicar a conseguir verbas e a empoderar o Executivo para que possa evitar esta perda de vidas".

A Lei Stafford concede ao governo federal a autoridade para oferecer ajuda aos Estados para enfrentar grandes desastres e emergências.

Segundo a comissão, 142 americanos morreram diariamente de overdose em 2015, superando o número de óbitos em acidentes de trânsito ou por crimes com armas de fogo nos EUA.

Dois terços destas mortes por overdose em 2015 foram decorrentes do uso de opioides como Percocet, OxyContin, heroína e fentanil, revelou a comissão.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP