Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Esta imagem obtida da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica mostra o furacão Irma ao se aproximar do Caribe

(afp_tickers)

Autoridades de Key West, na Flórida, e de ilhas turísticas do Caribe emitiram ordens de evacuação nesta terça-feira, em um momento em que Irma, um furacão de categoria 5 "potencialmente catastrófico", está prestes a tocar terra.

Espera-se que o furacão monstruoso, que chega após Harvey atingir o Texas e Luisiana no final do mês passado, atinja uma série de ilhas caribenhas, incluindo Guadalupe, no final desta terça-feira, antes de se dirigir para o Haiti e a Flórida.

O Centro Nacional de Furacões (NHC), com sede em Miami, informou que Irma se fortaleceu e chegou à categoria cinco, a mais potente, com ventos de 280 quilômetros por hora.

O fenômeno estava se movendo para o oeste a 22 km/h, e espera-se que provoque até 45 centímetros de chuvas em algumas áreas quando tocar terra.

"Essas quantidades de chuvas podem causar inundações repentinas e deslizamentos de terra que ameaçam a vida", advertiu o NHC, chamando a tempestade de "potencialmente catastrófica" e exortando que "os preparativos sejam acelerados e concluídos" na região.

Escolas e escritórios governamentais no território francês ultramarino de Guadalupe foram fechados, enquanto os hospitais estão estocando medicamentos, alimentos e água potável. As pessoas que vivem no litoral serão transferidas para locais seguros, disseram as autoridades.

A previsão é que os destinos populares de férias de São Bartolomeu e São Martinho - um território francês e uma ilha franco-holandesa dividida, respectivamente - serão especialmente atingidos.

O ministro da Defesa holandês disse que soldados chegaram na parte holandesa de São Martinho na segunda-feira e dois navios, incluindo um equipado com um helicóptero, estavam preparados para ajudar.

As autoridades ordenaram, na segunda-feira, a evacuação de 11 mil pessoas que vivem em áreas afetadas em ambas as ilhas, e a operação começou em vários bairros na terça-feira, disse um correspondente da AFP, enquanto as igrejas também se mobilizaram para ajudar.

A trajetória exata de Irma ainda não está clara, mas as projeções sugerem que ele irá para as Ilhas Virgens Britânicas antes de chegar ao território americano de Porto Rico na noite de quarta-feira, e de passar por República Dominicana, Haiti e Bahamas.

Na Flórida, o maior perigo é esperado entre a sexta-feira e a segunda-feira.

- Ameaça à Flórida -

O governador da Flórida, Rick Scott, declarou estado de emergência, dizendo que Irma representava "uma grave ameaça para todo o estado", apenas uma semana após Harvey ter provocado ao menos 42 mortes.

Ele pediu ao presidente Donald Trump que declarasse também situação de emergência no estado, o que ajudaria a destinar recursos para responder a qualquer dano.

Turistas em Key West receberam ordem de evacuação obrigatória, e devem começar a sair da ilha ao nascer do sol de quarta-feira, e uma ordem para os residentes em breve será emitida.

"Estamos enfaticamente dizendo às pessoas que elas devem abandonar o local, não podem se dar ao luxo de permanecer em uma ilha com um furacão de categoria 5 vindo em sua direção", disse o diretor do centro de operações de emergência do condado de Monroe, Martin Senterfitt.

Havia longas filas de pessoas que correram para obter baterias, água engarrafada, mantimentos e combustível, enquanto muitos cortavam árvores ao redor de suas casas e procuravam amarrar objetos e selar suas janelas.

Em um supermercado lotado em Miami Beach já era difícil encontrar alguns itens básicos, como água. Prateleiras inteiras ficaram vazias.

"É porque as pessoas ficam loucas e compram tudo", disse à AFP Gladys Bosque, de 81 anos. "Não há água, não há leite, há muito poucas latas - e nenhuma comida para gatos".

Os furacões da categoria cinco são raros e podem provocar ventos que ameaçam a vida, marés de tempestade e chuvas.

Um furacão dessa magnitude pode arrancar telhados, destruir janelas, derrubar palmeiras e transformar tudo em projéteis que podem matar pessoas.

A previsão é que Irma provoque uma elevação nos níveis da água de até 3,3 metros, 25 cm de chuvas e "ondas grandes e destrutivas", advertiu o NHC.

Harvey, que despejou até 127 cm de chuvas em partes de Houston, transformando bairros em lagos e causando danos materiais estimados em cerca de US $ 100 bilhões, foi de categoria quatro.

Em Porto Rico, o governador Ricardo Rossello ativou a Guarda Nacional e anunciou a abertura de abrigos com capacidade para até 62.000 pessoas.

Um porta-aviões dos Estados Unidos com um hospital de campanha e dezenas de aeronaves capazes de realizar missões de resgate ou de abastecimento foram posicionados na área, de acordo com Alejandro de la Campa, da divisão caribenha da norte-americana Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (FEMA).

burs-kjl/iw/db/mvv

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP