Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O comissário de Segurança, Julian King, em Bruxelas, no dia 18 de outubro de 2017

(afp_tickers)

A Comissão Europeia anunciou nesta quarta-feira o desbloqueio de quase 120 milhões de euros para ajudar os países europeus a proteger os espaços públicos de suas cidades, cada vez mais atingidas pelos extremistas.

O plano de atuação apresentado prevê 18,5 milhões de euros disponíveis a partir de 2017 para "projetos transnacionais que melhorem a proteção dos espaços públicos" e 100 milhões de euros em 2018 para ajudar "as cidades que investiram em soluções de segurança".

Em julho de 2016, um homem ao volante de um caminhão matou 86 pessoas ao lançar o veículo contra uma multidão em Nice, no sul da França, durante as comemorações de 14 de julho, dia da festa nacional francesa.

Desde então ocorreram vários ataques na Europa em locais de grande movimentação, como a emblemática avenida de Las Ramblas de Barcelona, em agosto deste ano. Também foram realizados ataques em locais públicos em Londres, Manchester, Estocolmo e Marselha nos últimos meses.

Além dos fundos propostos para melhorar a segurança dos lugares públicos, a Comissão também propõe a criação de uma rede de especialistas para que os países europeus possam compartilhar suas "boas práticas" em questões de segurança em espaços como aeroportos, estações ou estádios, locais abertos que se mostram como "alvos fáceis".

"À medida que os terroristas mudam de tática, intensificamos a assistência fornecida aos Estados-membros para fazer frente a essas ameaças", destacou o comissário de Segurança, Julian King, em coletiva.

As medidas propostas também incluem a criação, no contexto da Europol, de um "departamento de conhecimento" sobre a segurança das "substâncias químicas, biológicas, radiológicas e nucleares".

No plano exterior, a Comissão quer reforçar sua cooperação com terceiros países na luta contra o terrorismo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP