AFP

Mulher síria usa o laptop em Beirute enquanto aguarda para embarcar com destino aos Estados Unidos

(afp_tickers)

Uma reunião de alto nível será realizada na próxima semana em Bruxelas entre autoridades americanas e seus colegas europeus, preocupados com uma eventual probição, por parte de Washington, dos notebooks na cabine dos aviões procedentes da Europa.

A decisão deste encontro foi tomada durante uma conversa por telefone nesta sexta-feira entre o secretário americano de Segurança Nacional, John Kelly, alguns ministros dos países da UE e dos comissários europeus.

Durante esta conversa, Washington não anunciou qualquer proibição de aparelhos eletrônicos nem outra decisão", indicou uma porta-voz do executivo comunitário.

Os europeus insistem em obter esclarecimentos depois que um porta-voz ministerial indicou na terça-feira que Washington pensava em proibir os computadores portáveis nos aviões procedentes da Europa, estendendo assim uma medida já vigente em voos provenientes de vários países do Oriente Médio e África.

AFP

 AFP