Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

União Europeia e Japão apresentaram nesta terça-feira à ONU um projeto de resolução que condena a Coreia do Norte por violações dos direitos humanos, traçando um paralelo entre a desnutrição dos norte-coreanos e os programas balístico e nuclear daquele país

(afp_tickers)

União Europeia e Japão apresentaram nesta terça-feira à ONU um projeto de resolução que condena a Coreia do Norte por violações dos direitos humanos, traçando um paralelo entre a desnutrição dos norte-coreanos e os programas balístico e nuclear daquele país.

A iniciativa, apresentada à Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Geral das Nações Unidas, deverá ser votada nas próximas semanas.

Pyongyang realizou durante o verão boreal vários testes de mísseis balísticos e um teste nuclear, enquanto 18 milhões de norte-coreanos, ou 70% da população, sofrem com a escassez de alimentos.

O projeto de resolução condena a Coreia do Norte "por aplicar seus recursos na realização de programas de armas nucleares e balísticos em detrimento do bem-estar da população".

O texto menciona ainda "uma muito séria preocupação" com a prática de tortura, execuções sumárias, detenções arbitrárias e sequestros de estrangeiros, dentro e fora da Coreia do Norte.

O documento critica ainda a suspensão das reuniões entre famílias que vivem nas duas Coreias, adotada em outubro de 2015.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP