Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) A representante da política externa europeia Federica Mogherini

(afp_tickers)

A União Europeia se nega a reconhecer a Assembleia Constituinte venezuelana e pede que sua instalação seja suspensa, declarou nesta quarta-feira a representante de política externa europeia, Federica Mogherini, em nome de seus 28 estados membros.

"A eleição da Assembleia Constituinte agravou muito a crise na Venezuela", afirmou Mogherini.

"A União Europeia e seus Estados membros não podem por conseguinte reconhecer a Assembleia Constituinte".

AFP