Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ultradireitista francês Jean-Marie Le Pen durante discurso em homenagem a Joana d'Arc, em 1º de maio de 2017, em Paris

(afp_tickers)

O ultradireitista francês Jean-Marie Le Pen foi internado na terça-feira (12) à tarde, em Paris, devido a um "estado de fadiga generalizado" - informou seu assessor nesta quarta.

O pai de Marine Le Pen, que dirigiu por quase 40 anos o partido de extrema direita francês Frente Nacional, agora chamado Reagrupação Nacional, deve assistir nesta quarta a um julgamento contra ele por incitação ao ódio, por declarações feitas contra os homossexuais.

Seu advogado pedirá que a audiência seja adiada, devido à internação.

Jean-Marie Le Pen, de 89 anos, foi hospitalizado por uma gripe no início de abril e ficou uma semana internado.

A essa gripe, somou-se uma "complicação pulmonar perigosa", disse à AFP o assessor Lorrain de Saint Affrique.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP