Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Supremacista Richard Spence

(afp_tickers)

Uma universidade do Texas cancelou nesta segunda-feira um evento planejado por supremacistas brancos em seu campus para o mês que vem, alegando riscos para a segurança, depois da violência registrada em Virginia durante o fim de semana.

A Texas A&M University, uma das universidades públicas mais prestigiadas dos Estados Unidos, cancelou o ato programado para 11 de setembro, no qual deveria participar Richard Spencer, uma conhecida liderança dos supremacistas.

Spencer foi uma das principais figuras na marcha realizada no sábado em Charlottesville (Virginia), no qual participaram centenas de supremacistas brancos, que entraram em confronto com manifestantes anti-racistas. Uma mulher morreu e outras 19 pessoas ficaram feridas.

A decisão da universidade de cancelar o evento foi tomada depois que se tomou conhecimento de seu slogan: "Hoje Charlottesville, amanhã Texas A&M".

"Relacionar a tragédia de Charlottesville com o evento no Texas A&M cria um risco maior de segurança em nosso campus", afirmaram as autoridades da universidade em um comunicado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP