Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Vacas clonadas são vistas em Sioux Center, Iowa, no dia 16 de junho de 2014

(afp_tickers)

Cientistas de uma universidade da Amazônia peruana realizaram com sucesso a primeira clonagem de um animal utilizando técnicas avançadas no país, informou a instituição.

Alma é uma bezerra da raça Jersey nascida no mês passado a partir de uma clonagem realizada por especialistas do Laboratório de Biotecnologia Reprodutiva e Melhoramento Genético da Universidade Nacional Toribio Rodríguez de Mendoza, na região do Amazonas, no norte do Peru.

"Trata-se do nascimento do primeiro clone obtido através da reprodução somática, ou transferência nuclear de células somáticas, utilizando uma técnica avançada de clonagem denominada Handmade Cloning (HMC)", informou a instituição na sua página na internet.

O método consistiu em eliminar o núcleo do óvulo de uma vaca e substituí-lo por uma célula reprogramada de bezerro Jersey pedigree, obtida a partir do tecido da orelha, para depois ser implantada em uma terceira vaca receptora.

Para o nascimento de Alma, os cientistas aplicaram o mesmo método utilizado há 20 anos por uma equipe escocesa para a ovelha Dolly, o primeiro animal clonado.

O resultado deste trabalho vai permitir que os cientistas iniciem um novo projeto para tentar clonar exemplares bovinos de elite a fim de melhorar a criação do animal no país.

A universidade informou que a equipe de cientistas, apoiada por especialistas em fauna, vem elaborando uma lista de animais silvestres em risco de extinção, com o objetivo de usar a clonagem para preservar as espécies.

Em 2015, a instituição conseguiu produzir gêmeos idênticos ao dividir um embrião de uma vaca com sucesso, mas o método aplicado para o nascimento da Alma abre para os pesquisadores possibilidades para proteger as espécies, afirmou a instituição.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP