AFP

(Arquivo) A apresentadora americana Kathy Griffin

(afp_tickers)

O presidente americano, Donald Trump, manifestou nesta quarta-feira seu descontentamento com a atriz, cantora e apresentadora americana Kathy Griffin, que, durante uma sessão de fotos, mostrou uma foto de uma cabeça decapitada que se assemelhava muito a do milionário.

Kathy Griffin deveria ter vergonha. Meus filhos, especialmente o meu filho de 11 anos, Barron, foram afetados por isso. Doente!", escreveu Trump no Twitter.

Consciente de ter ultrapassado os limites, a artista de 56 anos, fervorosa opositora do presidente republicano, pediu desculpas em uma mensagem em sua conta no Twitter.

"Sou humorista, cruzei a linha. Fui longe demais! A imagem é muito perturbadora. Compreendo que ofendi pessoas, não é divertido, eu entendo", afirmou.

"Peço-lhe que me perdoe, fui longe demais", acrescentou.

A imagem foi postada online pelo fotógrafo Tyler Shields. Kathy Griffin pediu a ele que retirasse do ar.

"Nojenta, mas não surpreendente", tuitou na terça-feira um dos filhos do presidente, Donald Trump Jr. "É a esquerda de hoje. Considera isso aceitável. Vocês podem imaginar o que aconteceria se fosse um conservador quando Obama era presidente?".

AFP

 AFP