Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Um comitê de especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou o uso da vacina contra a dengue elaborada pela Sanofi nos países onde o vírus é endêmico, anunciou nesta sexta-feira o grupo farmacêutico francês.

(afp_tickers)

Um comitê de especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou o uso da vacina contra a dengue elaborada pela Sanofi nos países onde o vírus é endêmico, anunciou nesta sexta-feira o grupo farmacêutico francês.

"As recomendações dirigidas à OMS pelo Grupo Estratégico Consultivo de Especialistas sobre a vacinação reconhecem o benefício para a saúde pública da vacina contra a dengue Dengvaxia", a primeira autorizada no mundo, indicou sua fabricante, Sanofi, em um comunicado.

Os especialistas aconselham nos países onde a doença é endêmica "a introdução da vacina contra a dengue como parte de uma estratégia integral", que inclua a luta para reduzir o número de mosquitos portadores e "a educação contínua das comunidades", explicou à AFP Guillaume Leroy, responsável do programa da Sanofi contra a dengue.

Esta estratégia deve permitir que estes países "cumpram com os objetivos da OMS de reduzir em 25% a proporção de pessoas infectadas e em 50% a mortalidade da dengue até 2020", indica a Sanofi em um comunicado.

O número de casos de dengue multiplicou por 30 nos últimos cinquenta anos. A vacina de Sanofi, que exigiu 20 anos de pesquisa e um investimento de 1,5 bilhão de euros, foi submetida às autoridades de saúde de mais de 20 países em 2015, e espera-se que seja apresentada para a autorização a outros 15 países em 2016.

A vacina Dengvaxia, já homologada em México, Filipinas, Brasil e El Salvador, prevenirá "oito em cada dez hospitalizações" e "até 93% dos casos de dengue grave, incluindo a dengue hemorrágica", disse a Sanofi.

Segundo o laboratório, espera-se que 35 países tenham autorizado a vacina até o fim do ano.

A vacina é produzida na França em instalações específicas, que devem alcançar uma capacidade de produção de 100 milhões de doses anuais.

A dengue é transmitida por mosquitos nas zonas tropicais e subtropicais, e infecta todos os anos cerca de 400 milhões de pessoas em mais de 120 países.

AFP