Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Foto mostra monumento ao revolucionário Ernesto "Che" Guevara, em Oleiros, na Espanha, em 29 de setembro de 2017

(afp_tickers)

Seguem as principais datas na vida do revolucionário argentino-cubano Ernesto "Che" Guevara, morto na Bolívia há 50 anos.

- 1928-53, Argentina e viagens pela América Latina -

Ernesto Guevara da Serna nasce em 14 de junho de 1928 em Rosário, Argentina.

Em 1945, sua família se instala em Buenos Aires. Começa a percorrer a América Latina de moto em 1951 e se forma em medicina em 1953.

- 1955-59, a revolução cubana -

Em julho de 1955, conhece Fidel Castro no México.

Em dezembro de 1956, o "Che" (apelido em referência à sua origem argentina) desembarca em Cuba com Fidel Castro e outros 80 revolucionários. Após vários combates vitoriosos é promovido a "comandante".

Em janeiro de 1959, entra triunfante em Havana, marcando o fim da ditadura de Fulgêncio Batista. Será depois nomeado presidente do Banco Central de Cuba e mais tarde ministro da Indústria.

- 1964-65, a aventura africana -

Em 1964, empreende uma viagem de três meses por China, África e vários países em desenvolvimento.

Em abril de 1965, entra no Congo, em uma tentativa abortada de exportar a guerra revolucionária à África.

Em 3 de outubro de 1965, Fidel Castro torna pública uma carta de "Che", anunciando que renunciava a seus postos na revolução cubana para consagrar-se a "outros campos de batalha".

- 1966-67, Bolívia, sua última guerrilha -

Em 1966, volta a Cuba e prepara uma expedição para propagar a revolução na América Latina a partir da Bolívia.

Em 1967, começa a atuar em um grupo guerrilheiro na Bolívia. Em 8 de outubro, é ferido e capturado pelo exército.

Em 9 de outubro, "Che" Guevara é executado na localidade de La Higuera (sudeste da Bolívia). Seu corpo é encontrado em uma fossa comum em julho de 1997 e repatriado a Cuba 30 anos depois de sua morte.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP