Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Soum Rithy (c), um sobrevivente do Khmer Vermelho, chora ao saber do veredicto que condenou os líderes do regime de terror Nuon Chea e Khieu Samphan à prisão perpétua

(afp_tickers)

Principais datas do reino do Camboja desde a chegada ao poder do Khmer Vermelho, em 1975:

1975:

- 17 abr: O Khmer Vermelho entra em Phnom Penh. Pol Pot submete o país a um regime de terror que acabará com a vida de dois milhões de pessoas.

1979:

- 7 jan: Queda de Phnom Penh. Os vietnamitas instauram um novo regime, contra o qual o Khmer Vermelho, os nacionalistas e os monarquistas combatem.

1985:

- 14 jan: Hun Sen é nomeado primeiro-ministro.

1989:

- 27 set: o Vietnã diz ter retirado todas as suas tropas do Camboja.

1991:

- 23 out: Assinatura em Paris de um tratado de paz. O Camboja fica sob tutela da ONU até a organização de eleições.

1993:

- 23 maio: Eleição de uma Assembleia Constituinte.

- 24 set: Nova Constituição que restaura Norodom Sihanuk no trono. Seu filho Norodom Ranariddh é eleito primeiro-ministro e Hun Sen é designado segundo-primeiro-ministro, sob a pressão da ONU.

1994:

- 7 jul: O Khmer Vermelho é declarado "fora da lei".

1996:

- 8 ago: 4.000 membros do Khmer Vermelho, entre eles o ex-ministro das Relações Exteriores Ieng Sary, declaram seu apoio ao governo.

1997:

- 5-6 jul: Hun Sen destitui Norodom Ranariddh.

1998:

- Fim de março: cai o último reduto do Khmer Vermelho em Anlong Veng. Fuga dos líderes históricos.

- 15 abr: Morre Pol Pot, aos 73 anos.

1999:

- 6 mar: Prisão de Ta Mok, último chefe rebelde do Khmer Vermelho, chamado de "Açougueiro". Morreria em 2006 sem ser julgado.

- 10 maio: Prisão do ex-chefe da prisão em Phnom Penh, Kaing Guek Eav, conhecido como "Duch".

2003:

- 6 jun: Após anos de negociações, a ONU e o governo do Camboja assinam um acordo para criar um tribunal com participação internacional que julgue os ex-líderes do Khmer Vermelho.

2004:

- 14 out: Norodom Sihamoni se converte em rei após a abdicação de seu pai, Norodom Sihanuk.

2007:

- Set/Nov: Prisão do "irmão número dois", Nuon Chea; do ex-ministro das Relações Exteriores Ieng Sary; de sua esposa, Ieng Thirith, ex-ministra de Assuntos Sociais; e de Khieu Samphan, ex-chefe de Estado do regime do Khmer Vermelho.

2009:

- 17 fev: Início do processo de Duch, o primeiro ante o tribunal internacional.

2010:

- 26 jul: Duch é condenado a 30 anos de prisão por crimes de guerra e crimes contra a humanidade.

2011

- 27 jun: Início do julgamento de Nuon Chea, Ieng Sary, Khieu Samphan e Ieng Thirith, os quatro líderes máximos do Khmer Vermelho ainda vivos.

- 21 nov: Reinício dos julgamentos de Nuon Chea, Ieng Sary e Khieu Samphan, todos eles octogenários. O processo se divide em três segmentos, para acelerar os veredictos. O primeiro se concentra nos deslocamentos forçados da população.

2012:

- 3 fev: Duch é condenado à prisão perpétua.

- 15 out: falece o ex-rei Norodom Sihanuk.

2013:

- 14 março: Morre Ieng Sary, aos 87 anos.

- 28 jul: o partido do primeiro-ministro Hun Sen vence as eleições legislativas, mas a oposição denuncia fraudes. A crise institucional durará um ano.

2014:

- 30 jul: Começa o julgamento de Nuon Chea e Khieu Samphan. As audiências incluirão acusações de genocídio, principalmente contra vietnamitas e membros da minoria muçulmana Sham.

- 7 ago: Nuon Chea e Khieu Samphan são condenados à prisão perpétua, no âmbito do primeiro julgamento.

AFP