Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(22 jun) Maduro discursa em Caracas

(afp_tickers)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu neste sábado ao líder opositor Leopoldo López "uma mensagem de retificação e paz", depois de sua saída da prisão para cumprir pena domiciliar.

"Tomara que essa medida (…) seja entendida e o senhor LL (como se referiu a Leopoldo López), depois de quase quatro anos em (prisão militar de) Ramo Verde, envie uma mensagem de retificação e de paz, porque o país quer paz", disse Maduro em um ato público transmitido em rede de rádio e televisão.

O presidente acrescentou que acata e respalda a decisão do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) a favor do dirigente, condenado a 13 anos e nove meses de prisão.

Segundo Maduro, a medida demonstra "a independência" do TSJ, acusado pela oposição de estar a seu serviço.

O presidente responsabilizou pela condenação de López a procuradora-geral, Luisa Ortega, chavista que se tornou uma de suas maiores críticas.

"Ele foi processado, culpado e preso por responsabilidade da Procuradoria. Eu jamais movi uma palha, porque eu nunca intervi nas decisões do Ministério Público".

AFP