Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(22 jun) Maduro discursa em Caracas

(afp_tickers)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu neste sábado ao líder opositor Leopoldo López "uma mensagem de retificação e paz", depois de sua saída da prisão para cumprir pena domiciliar.

"Tomara que essa medida (…) seja entendida e o senhor LL (como se referiu a Leopoldo López), depois de quase quatro anos em (prisão militar de) Ramo Verde, envie uma mensagem de retificação e de paz, porque o país quer paz", disse Maduro em um ato público transmitido em rede de rádio e televisão.

O presidente acrescentou que acata e respalda a decisão do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) a favor do dirigente, condenado a 13 anos e nove meses de prisão.

Segundo Maduro, a medida demonstra "a independência" do TSJ, acusado pela oposição de estar a seu serviço.

O presidente responsabilizou pela condenação de López a procuradora-geral, Luisa Ortega, chavista que se tornou uma de suas maiores críticas.

"Ele foi processado, culpado e preso por responsabilidade da Procuradoria. Eu jamais movi uma palha, porque eu nunca intervi nas decisões do Ministério Público".

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP