Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Captura de tela da emissora estatal VTV mostra a procuradora-geral Luisa Ortega, em Caracas, em 31 de março de 2017

(afp_tickers)

Um total de 26 mortos é o balanço de um mês de manifestações contra o governo de Nicolás Maduro, informou nesta terça-feira a procuradora-geral, Luisa Ortega, ao condenar a violência no país.

"Não posso tolerar a violência, lamento a morte de 26 pessoas, sejam do governo ou da oposição, a morte de uma pessoa é sempre lamentável. Faleceram quatro adolescentes e 22 adultos", afirmou a procuradora em uma declaração à imprensa.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP