A Venezuela acusou o Canadá nesta segunda-feira de apoiar "aventura belicista" do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, após o anúncio de novas sanções de Ottawa contra altos funcionários do governo de Nicolás Maduro.

"Ao acompanhar a aventura belicista e criminosa de Donald Trump contra a Venezuela, o primeiro-ministro (Justin) Trudeau anulou o Canadá como um ator confiável para o diálogo", assinalou a chancelaria venezuelana em um comunicado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.