Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ativistas opositores protestam contra o presidente Nicolás Maduro, em Caracas, em 26 de abril de 2017

(afp_tickers)

A Venezuela iniciou oficialmente nesta sexta-feira sua saída da Organização dos Estados Americanos (OEA), em um processo que exigirá até dois anos, constatou a AFP.

A representante da Venezuela junto à OEA, Carmen Luisa Velásquez, se reuniu com o secretário-geral da Organização em Washington, o uruguaio Luis Almagro, a quem entregou a carta na qual seu governo formalizou a denúncia do tratado constituinte do bloco regional.

Na quarta-feira, a Venezuela havia anunciado sua saída da OEA em função de o Conselho Permanente da instituição ter convocado uma reunião de chanceleres para avaliar a grave crise política que sacode o país.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP