Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os produtores de cerveja indicaram que as vendas caíram 3,1% entre janeiro e setembro

(afp_tickers)

Um verão chuvoso e tranquilo, sem grandes eventos esportivos, diminuiu o desejo de consumir cerveja entre os alemães, de acordo com dados publicados nesta segunda-feira.

Os produtores de cerveja indicaram que as vendas caíram 3,1% entre janeiro e setembro, para 72 milhões de hectolitros (1 hectolitro equivale a 100 litros), informou a autoridade nacional de estatística Destatis.

Esses dados correspondem a barris, garrafas e latas para exportação, mas o consumo interno também caiu 2,7% para 58,9 milhões de hectolitros.

O consumo de cerveja tem diminuído na Alemanha nos últimos anos, mas desta vez "o tempo afetou a renda dos fabricantes de cerveja acima de tudo", disse à agência de notícias DPA Holger Eichele, da federação de cervejeiras alemãs.

O país em que quase todos os povoados e cidades parece ter sua própria cerveja local viveu um verão chuvoso e tranquilo, o que parece ter encorajado os habitantes a maneirar sua sede pela bebida.

Mas os cervejeiros são otimistas para os últimos três meses do ano, apostando em um "outono de verão e vendas sólidas para o Natal e Ano Novo", acrescentou Eichele.

No entanto, o mau tempo não desencorajou os participantes do festival da cerveja Oktoberfest de Munique, onde cerca de 6,2 milhões de pessoas consumiram cerca de 7,5 milhões de copos de um litro de cerveja, 13% a mais do que em 2016.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP