Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Perto de Hanói, outdoors advertem para o risco das drogas, em 23 de outubro de 2017

(afp_tickers)

Cerca de 200 pacientes de um centro de desintoxicação no Vietnã fugiram neste sábado (11) - anunciou a Polícia sobre o último incidente desse tipo, envolvendo o polêmico sistema de tratamento de dependentes no país.

Várias fugas ocorreram nos últimos anos, a mais recente delas neste sábado, na província de Tien Giang (sul), disse um oficial de polícia que pediu para não ser identificado.

Quase metade dos 200 foragidos foi capturada, mas "ainda há cerca de 100 pacientes em fuga", considerou.

Segundo o site controlado pelo Estado VnExpress, houve uma briga com os funcionários do estabelecimento que terminou em um motim. Armados com facas, os pacientes fugiram.

As imagens divulgadas nas redes sociais mostram dezenas de homens, a maioria sem camisa, caminhando por uma autoestrada perto do instituto.

"Passaram perto de casa gritando como manifestantes", contou à AFP Le Hai Trieu, que mora perto do estabelecimento.

Segundo a legislação vietnamita, alguns dependentes devem passar até dois anos em um centro de tratamento, enquanto outros são internados pela própria família.

De acordo com a imprensa local, mais de 650 pessoas estão internadas no centro de Tien Giang.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










AFP