Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Pessoas se aglomeram próximo a flores, velas e outros itens depositados na Avenida Las Ramblas, em Barcelona, em 18 de agosto de 2017

(afp_tickers)

Vinte e seis franceses ficaram feridos, 11 deles em estado grave, no atentado de Barcelona reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), anunciou o ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian.

O ministério do Interior, no entanto, informou um balanço de 17 feridos em estado grave.

Le Drian expressou em um comunicado sua "profunda emoção" e informou que viajará a Barcelona "para visitar as vítimas francesas deste ato covarde e manifestar o apoio da França ao povo e às autoridades espanholas".

Ao menos 13 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas quando foram atropeladas por uma van em La Rambla, a avenida mais turística de Barcelona.

As vítimas - mortos e feridos - são de 18 nacionalidades, segundo a Proteção Civil espanhola.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP