AFP

(Arquivo) Um voo da Malaysia Airlines com destino a Kuala Lumpur precisou retornar a Melbourne, Austrália, nesta quarta-feira à noite, depois que um passageiro afirmou que carregava uma bomba

(afp_tickers)

Um voo da Malaysia Airlines com destino a Kuala Lumpur precisou retornar a Melbourne, na Austrália, nesta quarta-feira à noite, depois que um passageiro afirmou que carregava uma bomba, informou o vice-ministro dos Transportes malaio.

"Não foi um sequestro. Um passageiro problemático tentou entrar na cabine do piloto", afirmou Abdul Aziz bin Kaprawi.

"O passageiro, um cidadão do Sri Lanka, afirmou que tinha uma bomba. Mas não era uma bomba, apenas um carregador portátil", acrescentou.

Aparentemente bêbado, o passageiro foi controlado pela tripulação e detido no aeroporto de Melbourne.

"Ele foi retirado do avião por oficiais da segurança australiana", indicou o vice-ministro.

Por sua vez, a companhia aérea confirmou que o avião que fazia o trajeto teve que retornar à Austrália e que havia pousado em segurança.

"MH128 aterrissou em segurança no Aeroporto de Melbourne às 23:41 (local)", anunciou a Malaysia Airlines em um comunicado.

AFP

 AFP