Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Placa de Wall Street próximo a bandeiras americanas

(afp_tickers)

Wall Street fechou sem direção clara nesta terça-feira (17), reagindo à publicação de resultados de várias empresas, com recordes no Dow Jones - que superou pela primeira vez as 23.000 unidades durante a sessão - e no S&P 500, enquanto o Nasdaq recuou.

O índice industrial Dow Jones teve alta de 40,48 pontos, fechando a 22.997,44 unidades, o tecnológico Nasdaq perdeu 0,35 ponto, a 6.623,66 unidades, e o S&P 500 se apreciou em 0,07%, a 2.559,12 unidades.

"Diversas empresas apresentaram resultados líquidos superiores ao antecipado", indicou Hugh Johnson, da Hugh Johnson Advisors.

"Mas o avanço dos índices se desacelerou porque isso tinha sido antecipado dias antes pelos mercados", afirmou.

United Health (+5,53% a 203,89 dólares) e Johnson & Johnson (+3,43% a 140,79 dólares) tiveram o melhor desempenho em Wall Street após a publicação de resultados superiores às expectativas.

Os dois bancos de investimentos americanos, Goldman Sachs (-2,61% a 236,09 dólares) e Morgan Stanley (+0,37% a 49,12 dólares), anunciaram resultados melhores que o esperado, apesar de uma atividade de corretagem medíocre.

O movimento que levou o Dow Jones a superar, pela primeira vez, a barreira das 23.000 unidades começou há meses. O índice avançou 13,6% desde o começo do ano e 19,2% desde a eleição de Donald Trump, em 9 de novembro passado.

O mercado de títulos também ficou sem direção clara: até 20H30 GMT (18H30 de Brasília), os bônus do Tesouro a 10 anos subiram a 2,303%, contra 2,300% na segunda-feira, e os títulos a 30 anos recuaram a 2,804%, contra 2,818% da véspera.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP