Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Placa de Wall Street próximo a bandeiras americanas

(afp_tickers)

A Bolsa de Nova York fechou sem direção definida nesta quarta-feira. Com a queda dos preços do petróleo, investidores puniram as petroleiras, mas os setores farmacêutico e biotecnológico subiram e impulsionaram a alta do índice Nasdaq.

O índice industrial Dow Jones caiu 0,27% e fechou em 21.410,03 unidades, enquanto o tecnológio Nasdaq subiu 0,74%, a 6.233,95 unidades. O índice S&P recuou 0,06% e caiu a 2.435,61 unidades.

O petróleo fechou em Nova York com seu menor valor desde agosto, em meio a uma preocupação generalizada com o excesso de oferta. O resultado do Dow foi afetado pelas petroleiras, incluíndo gigantes como a Chevron e a ExxonMobil, que caíram 1,87% e 1,06%, respectivamente.

Em comparação, as ações das farmacêuticas subiram porque os movimentos de Donald Trump contra a escassez de medicamentos não têm sido tão agressivo quanto o mercado esperava.

O mercado de títulos fechou sem direção clara. O rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos estava quase estável, em 2,159% contra 2,157% de terça passada, e o dos papéis a 30 anos recuou para 2,728% de 2,739% no dia anterior.

AFP