Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Placa de Wall Street próximo a bandeiras americanas

(afp_tickers)

Wall Street fechou em queda nesta terça-feira puxada pela queda do petróleo e das ações das companhias aéreas, que cancelaram voos por causa da onda de calor.

O índice industrial Dow Jones, que bateu um recorde nessa segunda-feira, caiu 0,29%, a 21.467,14 unidades, enquanto que o tecnológico Nasdaq recuou 0,82%, a 6.188,03 unidades. O S&P 500, que na segunda-feira também bateu recorde, caiu 0,67%, a 2.437,03 unidades.

As petroleiras e seus fornecedores caíram quando os preços do petróleo ficaram em seu menor valor do ano. A ConocoPhillips e a Schlumberger recuaram 1% cada uma.

As empresas de entretenimento também sofreram queda, como Comcast, Disney e 21st Century Fox.

A Ford caiu 1% depois que anunciou a importação para os Estados Unidos de seu modelo Focus, fabricado na China. A empresa suspendeu o projeto de produzir esse automóvel no México após as críticas do presidente Donald Trump.

No mercado de títulos, às 20H15 GMT (17H15 horário de Brasília) o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu para 2,157%, contra 2,191% de segunda-feira, e o dos papéis a 30 anos recuou para 2,735% de 2,787% na véspera.

AFP