Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Placa de Wall Street próximo a bandeiras americanas

(afp_tickers)

Wall Street fechou em baixa nesta quinta-feira, puxada por temores de uma guerra de preços no setor alimentício após a Amazon anunciar que vai fazer descontos na recém-adquirida cadeia de supermercados Whole Foods.

O índice industrial Dow Jones teve queda de 0,13%, a 21.783,40 unidades, o tecnológico Nasdaq recuou 0,11%, a 6.271,33 unidades, e o S&P 500 caiu 0,215 e ficou em 2.438,97 unidades.

Os títulos dos supermercados Wal-Mart recuaram 2,0%, os da Costco Wholesale, 5,0%, e os da Target, 4,0%, depois de a Amazon anunciar que a compra de 13,7 bilhões de dólares será concluída na próxima segunda-feira e que ela vai baixar imediatamente os preços de produtos selecionados para tornar alimentos naturais e orgânicos "acessíveis a qualquer um".

A declaração gerou inquietação de que os lucros de comércios varejistas possam piorar com a entrada da gigante digital no mercado de lojas físicas.

O mercado de títulos estava em baixa: o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos era de 2,195%, contra 2,166 de quarta-feira, e o dos bônus a 30 anos subia a 2,769%, ante 2,746% da véspera.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP