Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Placa de Wall Street próximo a bandeiras americanas

(afp_tickers)

A Bolsa de Nova York fechou nesta sexta-feira (3) em níveis recordes, estimulada pela alta da Apple e pela atividade no setor de serviços: Dow Jones +0,10%, Nasdaq +0,74% e S&P 500 +0,31%.

O índice industrial Dow Jones ganhou 21,95 pontos, a 23.539,19 unidades, o tecnológico Nasdaq somou 49,49 pontos, a 6.764,44 unidades, e o S&P 500 aumentou 7,98 pontos, a 2.587,83 unidades.

Na semana, o Dow teve alta de 0,44%, o Nasdaq, de 0,94%, e o S&P 500, 0,26%. Os três índices foram sustentados por resultados de empresas que saíram melhor que o esperado.

Nesta sexta, o mercado foi estimulado pela aceleração do crescimento em outubro do setor de serviços, pulmão da economia americana. O índice ISM, que mede a atividade de serviços, chegou a 60,1% - seu melhor nível desde 2008.

A Apple, que nesta quinta apresentou resultados trimestrais animadores, chegou a superar um valor de mercado de 900 bilhões de dólares na abertura, mas logo caiu e fechou com alta de 2,6%.

O mercado de títulos teve alta. O rendimentos dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu a 2,330%, contra 2,347% de quinta-feira, e o dos papéis a 30 anos caiu a 2,814%, ante 2,828% da sessão anterior.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP