Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Alemanha elimina Áustria e pega Portugal nas quartas

Ballack (13) marcou o gol da classificação alemã.

(Keystone)

Depois da Suíça, também a Áustria foi eliminada da Euro 2008, ao perder por 1 a 0 para a Alemanha, que enfrenta Portugal nas quartas-de-final.

No outro jogo do Grupo B, a Croácia, já classificada, derrotou a Polônia por 1 a 0 e pega a Turquia na próxima fase.

A equipe alemã, que precisava apenas de um empate, começou bem melhor postada em campo do que terminou o jogo contra a Croácia, quando perdeu por 2 a 1.

Logo aos 6 min, Klose driblou três austríacos na ponta direita, cruzou para Gomez, que, a dois metros da linha do gol, fez a arte de desperdiçar uma chance imperdível para abrir o placar.

O ataque alemão impressionou os austríacos, que recuaram mais em comparação com a partida contra a Polônia, quando criam três chances de gol nos primeiros minutos.

Até os 15 minutos, a Alemanha continuou com mais posse de bola, mas sem levar grande perigo ao gol de Macho. Na seqüência, os austríacos tiveram uma fase melhor.

Depois da pressão inicial, os alemães tornaram-se mais prudentes e deixaram a Áustria crescer no jogo. Aos 21 min, Aufhauser disparou um chute rasteiro da entrada da área, mas Lehmann ainda conseguiu espalmar para escanteio.

A essas alturas, os lançamentos longos de Frings e Ballack se tornavam cada vez mais imprecisos e criavam chances de contra-ataque à Áustria.

Aos 41 min, o árbitro espanhol Manuel Enrique Mejuto González, preocupado em se tornar a principal estrela do jogo, expulsou os dois técnicos para as tribunas, por causa de discussões à beira do gramado.

Essa decisão esquentou ainda mais o jogo, que no primeiro tempo teve muitas faltas dos dois lados. A Alemanha teve mais chances, mas não as aproveitou. A Áustria defendeu bem e foi perigosa nos contra-ataques.

Golaço de Ballack

No início do segundo tempo (aos 4 min), o capitão Ballack cobrou falta de uma distância de 26 metros e abriu o placar, com um chute forte no ângulo superior esquerdo do goleiro austríaco Macho. Foi o melhor lance do jogo.

Com isso, a partida e a segunda vaga do Grupo B estavam praticamente definidas. A Áustria passou a correr atrás do prejuízo, ainda teve chances de empatar, mas não conseguiu impedir a eliminação da segunda co-anfitriã da Euro 2008.

A Alemanha melhorou em relação ao jogo contra a Croácia, mas no ataque ainda teve muita imprecisão e não deve ter assustado seu próximo adversário: a seleção de Portugal, que enfrentará na próxima quinta-feira (19/06), na Basiléia.

Polônia 0 x 1 Croácia

Na outra partida do Grupo B, a Polônia precisava de um milagre contra a equipe reserva da Croácia, já classificada para as quartas-de-final.

Os poloneses começaram na ofensiva, mas sem criatividade suficiente para superar a bem organizada defesa croata.

Por volta dos 20 minutos, a equipe croata abandonou a tática defensiva e passou a dominar o jogo, sem no entanto transformar sua superioridade técnica em gols.

Ao final da primeira etapa, os poloneses podiam agradecer ao goleiro Boruc, que, com defesas espetaculares, manteve as esperanças da equipe de ainda passar às quartas-de-final.

Aos 8 min do segundo tempo, numa jogada bem tramada pelo ataque croata, Klasnic concluiu da entrada da pequena área, marcando 1 a 0. Com isso, a Polônia estava definitivamente eliminada do torneio.

Áustria 0 x 1 Alemanha

Áustria: Macho - Stranzl, Martin Hiden (Leitgeb), Pogatetz - Garics, Aufhauser (J. Säumel), Ivanschitz, C. Fuchs - Harnik (Kienast), Hoffer, Korkmaz
Técnico: Josef Hickersberger

Alemanha: Lehmann - A. Friedrich, Metzelder, Mertesacker, Lahm - Frings, Ballack - C. Fritz (Borowski), Podolski (Neuville)- Gomez (Hitzlsperger), Klose
Técnico: Joachim Löw

Data: 16/06/2006
Local: Viena, Áustria
Público: 50 mil (lotado)
Árbitro: Manuel Enrique Mejuto González (Espanha)
Assistentes: Juan Carlos Yuste Jiménez (Espanha), Jesús Calvo Guadamuro (Espanha), Damir Skomina (Eslovênia)

Gol: Ballack (A), aos 4 min do 2T
Cartões amarelos: Stranzl (A), Hoffer (A), Ivanschitz (A)

Aqui termina o infobox

Polônia 0 x 1 Croácia

Polônia: Boruc - Wasilewski, Mi. Zewlakow, Dudka, Wawrzyniak - Murawski, Lewandowski - Lobodzinski (Smolarek), Roger Guerreiro, Krzynowek - Saganowski (Zahorski)
Técnico: Leo Beenhakker

Croácia : Runje - Simic, Vejic, Knezevic (Corluka), Pranjic - Vukojevic, Pokrivac - J. Leko, Rakitic - Klasnic (Kalinic), Petric (Kranjcar)
Técnico: Slaven Billic

Data: 16/06/2006
Local: Klagenfurt, Áustria
Público: 32 mil (lotado)
Árbitro: Kyros Vassaras (Grécia)
Assistentes: Dimitris Bozatzidis (Grécia), Dimitris Saraidaris (Grécia), Olegário Benquerença (Portugal)
Gols: Klasnic, aos 8 min do 2T
Cartões amarelos: Vukojevic (C), Zahorski (P), Vejic (C), Lewandowski (P)

Aqui termina o infobox

×