Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Alinghi ganha pela 2a. vez a Copa da América

Minutos dramáticos: a equipe da Nova Zelândia tentou, mas não conseguiu ultrapassar Alinghi.

(Keystone)

Ao ganhar nos últimos segundos a 7a regata frente à equipe da Nova Zelândia, os velejadores da Alinghi conquistam a Copa da América, a mais importante regata do mundo.

Os minutos dramáticos no final da regata, aonde até uns dos mastros do barco suíço chegou a cair, não tiraram o espírito de equipe. Bertarelli e seus homens vão conservar por mais quatro anos o Troféu de Prata.

Nunca houve uma Copa da América como esta. Os defensores do título, a equipe suíça, e os neozelandeses lutaram por cada braço de mar para conquistar o troféu. O ponto alto da mais importante regata do mundo ocorreu hoje, na baía de Valência, Espanha.

A Alinghi, que já havia conquistado o campeonato há quatro anos atrás, conquistou a 32a Copa da América ao vencer a equipe Emirados da Nova Zelândia de 5 a 2 com uma dianteira de apenas dois segundos na sétima regata.

Com um vento forte de 15 a 17 nós, os últimos minutos da corrida foram dramáticos. Alinghi estava na dianteira, quando repentinamente um mastro quebrou levando uma das velas consigo. O barco não avançava mais e os neozelandeses avançavam cada vez mais rápidos, correndo o risco de ultrapassá-los.

Porém os membros da Alinghi conseguiram içar outra vela nos últimos segundos, dando impulso à embarcação. A linha de chegada foi ultrapassada por eles com apenas dois segundos de vantagem dos concorrentes, que haviam poucos minutos antes pago uma penalidade (uma volta completa em torno da própria embarcação).

O mais antigo troféu do mundo

Alinghi, a equipe fundada e dirigida pelo empresário suíço Ernesto Bertarelli, é coordenada pelo americano Ed Baird e o planejador tático neozelandês Brad Butterworth.

Em 2003 a equipe de Bertarelli conquistou o título em Auckland na frente da mesma equipe de neozelandeses. Dessa forma levaram para casa o mais antigo troféu esportivo do mundo, criado em 1851.

Alinghi não apenas renovou o título, mas passa também a ter o privilégio de escolher o local, a data e as regras da próxima edição. Segundo a Agence France Presse, Valência tem grandes possibilidades de voltar a receber a Taça América, faltando saber se a 33ª edição se realizará em 2009 ou 2011.

Felicitações oficiais

Ernesto Bertarelli e os membros da equipe Alingh foram felicitados pessoalmente por dois conselheiros federais (ministros de Estado) por ter mantido o troféu da Copa América na Suíça.

"Sua equipe é um símbolo de uma Suíça aberta, que não tem medo de concorrência internacional", declarou Micheline Calmy-Rey, ministra das Relações Exteriores e atual presidente da Confederação Helvética (uma espécie de presidente da Suíça, cargo de funções mais simbólicas).

"Nós, suíços e suíças, não encontramos apenas o caminho nas montanhas, mas também nos oceanos distantes", reforça Calmy-Rey no telegrama enviado à Valência logo após o final da regata.

"Estamos orgulhosos deste maravilhoso sucesso. A equipe Alinghi encarna uma Suíça moderna e multicultural, que abre as portas em direção ao futuro. Ela não tema no esporte, na pesquisa ou na economia os ventos da rude concorrência mundial".

"Reverência e agradecimentos: vocês conseguiram provocar emoções e conquistaram o coração dos suíços", escreveu em fax o ministro dos Esportes, Samuel Schmid.

"A aliança do conhecimento tecnológico, das competências individuais, do espírito de equipe e da paixão são a base de um sucesso que é muito mais do que a confirmação, traduzida em qualidade na sua perenidade, da tarefa cumprida. Sua conquista serve para nós como um exemplo".

swissinfo com agências

Copa da América

A Copa da América (America´s Cup) é considerada a maior e mais prestigiada competição de regata de todo o mundo. Ela foi organizada pela primeira vez em 1851. As últimas edições tem ocorrido em um intervalo de 5 anos.

Em 2003, Alinghi ganhou o campeonato na sua primeira participação. Em 150 anos foi a primeira vez que uma equipe européia ganhou o troféu.

Para a Copa da América 2007, o orçamento da Alinghi estava estimado em 160 milhões de francos.

Aqui termina o infobox


Links

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque