Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Americanos indicam a Suíça para investimentos

Funcionário do Credit Suisse em Zurique: mercado financeiro é interessante para americanos.

(swissinfo.ch)

Departamento de Comércio dos EUA destaca as vantagens econômicas da Suíça através de estudo publicado na internet.

Fatores positivos para o investimento na Suíça são a grande quantidade de estrangeiros, o caráter multicultural e lingüístico da sociedade e o alto nível de vida.

Como ajuda para empresas americanas que querem exportar ou investir no exterior, o governo dos EUA publica anualmente o chamado "Guia Comercial de Países". O estudo contém análises de mercado e econômicas sobre diversos países do mundo e explica quais as chances e vantagens, que cada um oferece para o investidor americano.

O mais novo guia acaba de ser publicado e encontra-se no portal de informações na internet do Departamento Comercial dos EUA. Nele a Suíça destaca-se como um país que oferece condições políticas e econômicas excepcionais para o investidor.

Estrangeiros como trunfo

Um dos pontos destacados é o alto nível de educação e bem-estar da sociedade suíça. "A Suíça tem uma das maiores rendas per capita do mundo. O uso de computadores e da internet está entre os níveis mais altos dos países desenvolvidos. O sistema educacional e médico é também um dos melhores".

Outro fator positivo para o país é, segundo o estudo, a grande percentagem de estrangeiros vivendo na Suíça (20% da população).

Mercado de testes

"Por essas razões a Suíça é um país ideal para ser usado como mercado de testes por firmas americanas que queiram introduzir novos produtos na Europa", assegura o estudo.

O Departamento de Comercio dos EUA ressalta também que a política de comércio e investimentos da Suíça é considerada liberal sendo, por outro lado, conservadora a política fiscal. Também a alta valorização do franco suíço e o nível dos serviços financeiros oferecidos na Suíça são destacadas.

Não só a boa formação dos trabalhadores suíços é citada mas também sua motivação. Unindo-se a esse fato, o estudo lembra que as leis trabalhistas na Suíça são bem flexíveis, o que explica o baixo número de conflitos e greves.

Protecionismo

A única crítica contida no trabalho é o aspecto da subvenção agrícola na Suíça. "Os agricultores suíços pertencem ao grupo de produtores mais subvencionados e protegidos do mundo".

Concluindo a análise, os suíços são qualificados de "viajantes incansáveis". Nos Estados Unidos eles estão nos primeiros lugares nas estatísticas de turismo. "Em 2000 mais de 400 mil suíços visitaram os EUA".

Por essa razão o turismo é considerado "o primeiro produto de exportação" dos Estados Unidos em relação à Suíça. "Mais de dois bilhões de dólares foram ganhos pelos americanos com a vinda de turistas suíços em 2000".

swissinfo com agências


Links

×