Navigation

Contando ao mundo os esforços históricos para a manutenção da paz

Em 1° de janeiro de 1942, um documento reunindo o termo "Nações Unidas" era assinado por 26 países. A Declaração das Nações Unidas prometia que seus governos continuariam lutando juntos contra as Forças do Eixo. A televisão pública suíça RTS examina de perto as tentativas de disponibilizar documentos históricos como esses para um público mais amplo. (RTS/swissinfo.ch)

Este conteúdo foi publicado em 04. janeiro 2018 - 12:30

Os arquivos de Genebra são um testemunho dos esforços para estabelecer a paz através da diplomacia. A Liga das Nações foi a antecessora das Nações Unidas e foi a primeira organização internacional que se propôs a alcançar a paz mundial. Os 26 anos da história da Liga estão resumidos em 15 milhões de páginas.

Estes documentos estarão em breve disponíveis na internet, graças em parte aos estudantes da Universidade de Genebra. Eles estão decifrando e indexando os documentos com a ajuda de milhares de usuários da internet através de uma plataforma de pesquisa online. A iniciativa faz parte de um projeto de “crowdsourcing”, um modelo colaborativo de trabalho, e funciona como um site de mídia social para pesquisadores.

Os esforços da Liga das Nações não eliminaram os principais obstáculos à paz ocorridos no início dos anos 30, e a organização foi impotente diante da Segunda Guerra Mundial. Mas incorporou o conceito de cooperação internacional na mente das pessoas.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.