Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

As propriedades das pedras: mito ou realidade?

Uma das justificativas de quem compra pedras é o desejo de aproximar-se da mãe natureza.(foto: J.Gabriel Barbosa)

A crença no poder das pedras não data de hoje. Supõe-se que aquelas de forma surpreendente ou de particular beleza já atraíam a atenção do homem pré-histórico.

Em nossos dias, muita gente atribui influências e propriedades às pedras. A ciência vem confirmando algumas delas.

Certas pessoas voltadas para o esoterismo nem questionam se é mito ou realidade o poder aparentemente conferido a determinadas pedras. A astrologia refere-se a tal poder. A religião não o dispensa...

Ninguém nos obriga a acreditar nisso com beatice. Mas, refletindo um pouco sobre o assunto, num universo em plena expansão, as pedras são a melhor memória do que vem acontecendo há milhões e milhões de anos?. Elas não podem ficar completamente refratárias à dança frenética de forças invisíveis, de raios, de luzes e de trevas.

Fruto da natureza

Será que não registram nada do que acontece na natureza? São seres inanimados, mas não são “intransformáveis”. A prova mais evidente de que se transformam é o diamante que não passa de carbono puro cristalizado.

As pedras são também fruto da natureza. Por isso mesmo, aliás, uma das justificativas de quem compra pedras é o desejo de aproximar-se da mãe natureza.

Certas pedras tornaram-se indispensáveis em determinados ramos da indústria. Pra começar, sem o diamante, como se cortariam matérias duras como o vidro?

Aplicações industriais

Outro exemplo: hoje dar corda em relógio é muito pouco freqüente. Com o relógio quartzo, há uma pedra que cuida desse detalhe importante. A medicina também usa, e bastante, esses seres inferiores. Basta citar o raio laser, que não existiria sem o cristal.

E por fim, resultado de longa pesquisa, a tv de cristal líquido está chegando a nossos lares, destronando os antigos televisores que de um momento pra outro parecem objetos de museu.

Podemos então perguntar se não estamos ainda no bê-á-bá do conhecimento das pedras, um vasto livro espalhado pela mãe-natureza. (Veja a propósito das propriedades das pedras o interessante portal http://www.brazilsite.com.br/pedras/introd/master1.htm)

swissinfo, J.Gabriel Barbosa

×